PROFESSORES

Ana Borges

Nascida em Portugal, Ana Borges é uma bailarina especializada em Hip Hop Dance; tendo tido formação em Portugal, Londres, República Checa, Espanha, Alemanha e E.U.A.

Ensinou durante vários anos em Portugal e foi convidada para eventos como “ Dance Summer Camp”, e internacionais como “EurHop Dance Camp”, Itália.

Actuou em palcos como Hard Rock Café, Coliseu do Porto, Casa da Música, Rock in Rio e Semifinais “Portugal’s Got Talent 2010”.

Mudou-se para Londres em 2014 fazendo parte de grupos como Boy Blue Ent, Definitives, Myself UK e Company B.

Ensinou para a Royal Academy of Dance através do programa Step Into Dance; e Pinneapple Dance Studios.

 

Em 2020, está de regresso a Portugal para desenvolver novos projetos. 

Ana Silva

Iniciou a sua formação em Sevilhanas e Flamenco no Porto, em 2004, com João Hidalgo. Num trabalho de formação contínua, tem realizado diversas formações especializadas em técnica e coreografia do baile flamenco em cidades como Jerez de la Frontera, Barcelona ou Madrid com profissionais como Alícia Marquez, Soraya Clavijo, Jaime Cala Salas, María del Mar Moreno, Manuel Liñan, Marco Flores, Olga Pericet, La Lupi, Chiqui de Jerez ou Adela Campallo.

Integrou o projeto Tablao Flamenco em 2007 e é co-fundadora da Companhia de Flamenco ConTemple, companhia com a qual participou em festivais como o Etnias, o Folia - Festival de Artes do Espectáculo de Lousada, entre outros.

Tem desenvolvido trabalho docente e coreográfico na área do baile flamenco em diferentes escolas, sendo atualmente professora de Flamenco (estilos e coreografias) e de Técnica de Flamenco na Academia de Dança de Matosinhos.

 

É curadora do Ciclo de Flamenco “Noites no Estúdio 2”, um ciclo didático e performativo que aborda as origens, evolução e riqueza desta arte.

Carolina Corrêa

Pós graduada em Comunicação/ Marketing e formada em ballet clássico.  Iniciou no Flamenco em 2008. Viveu na Espanha onde aprimorou os seus estudos com grandes maestros em Madrid e Sevilla. Realizou o Ciclo Dedicado a La Formación Completa del Baile Flamenco, em Amor de Dios - Madrid.

 

Fez Residência Artística com Carmen “La Talegona” e participou do espetáculo dirigido por ela. Integrou o Coletivo Acuantos e foi artista residente do Centro de Referência da Dança SP. Participou em diversos projetos, tablaos e espetáculos como bailaora intérprete e solista (coreógrafa) da Cia Cuadra Flamenca e Cia Flamenca Ale Kalaf. Sob a direção de Clarisse Abujamra, interpretou Adela em "As Filhas de Bernarda".

 

Bailaora e professora de flamenco, aperfeiçoa seus estudos em cursos e eventos no Brasil e Espanha, anualmente. 

Cátia Nicolau

Fez o curso de dança do Ginasiano. Tem o Bacharelato em Dança Clássica e Moderna/Contemporânea pela Codarts Hogeschool voor de Kunsten. É Pós Graduada em Dança Contemporânea pela ESMAE/Teatro Municipal do Porto e atualmente encontra-se no segundo ano do Mestrado em Ensino da Dança na Escola Superior de Dança. Trabalhou e dançou reportório de: HansVan Manen, Jiri Kylian, Regina van Berkel, Conny Janssen dance company, Neel Verdoorn e Scapino Dance Company. Dançou reportório em Itália, Canadá, Brasil, Alemanha, Holanda, Bélgica e realizou uma formação em Wuppertal- Alemanha na companhia de dança da Pina Bausch. Estagiou na Kale. Atualmente é professora de Técnica de Dança Clássica,  Contemporânea e Dança Criativa em várias escolas de dança e simultaneamente realiza alguns projetos enquanto bailarina freelancer.

Francisca Nunes

Após concluir o Curso Dança – Formação de Bailarinos, na Escola de Dança Ginasiano, licenciou-se em Design de Comunicação na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto.

 

Sempre ligada à dança, vertente educacional, colaborou com a Companhia Instável e com o Teatro Aveirense em formações de dança criativa. Integra, desde 2013, a equipa da Academia de Dança de Matosinhos, sendo responsável pela coordenação das turmas de alunos mais novos.

 

Fez várias formações nas mais diversas áreas: PBT – Progressing Ballet Tecnic, formação de professores Método Vaganova com o Prof. Pedro Carneiro, formação e orientação com a Prof. Maria Luísa Carles, entre outras. 

Luísa Carles

Maria Luísa Carles, natural do Panamá, fez a sua formação clássica em várias escolas de Dança e no Conservatório Nacional do Panamá, até que em 1972, ingressa na Companhia do Ballet Nacional do Panamá.

 

Exerceu, entre outros, o cargo de directora executiva e pedagógica da Escola de Dança do Conservatório Nacional entre 1989 e 1995.

 

Actualmente exerce funções no novo projecto Centro Histórico do Teatro Nacional de São Carlos e da Companhia Nacional de Bailado e Gestora de Projeto nos Estúdios Victor Córdon.

 

É convidada a leccionar na Academia regularmente desde 2014.

Bárbara Aguiar

Bárbara Aguiar nascida na Póvoa de Varzim, iniciou o estudo do Ballet Clássico aos 5 anos pela Royal Academy of Dance realizando desde essa idade e até aos 18 anos todos os exames anuais aprofundando assim os seus conhecimentos nesta área. 

 

Aos 12 anos iniciou a prática da Dança Jazz com a Professora Joana Quelhas. Ao longo da sua formação trabalhou com vários professores nacionais e internacionais participando em diversos workshops, cursos e concursos. Em 2013 começou a sua licenciatura em Dança pela faculdade London Studio Centre, em Londres, especializando-se em 2017 em Dança Contemporânea.

 

 Iniciou a sua atividade profissional em 2017 na área do Ballet Clássico, Dança Contemporânea e Dança jazz e lecciona na Academia de Dança de Matosinhos desde 2019. 

Beatriz Ioty

Beatriz Ioty é Pós-graduada em Dança Contemporânea pela Escola Superior de Música e Artes do Espetáculo, no Porto; graduada em Artes pela Universidade Federal Fluminense, no Rio de Janeiro e formada em Ballet Clássico pela Escola Estadual de Danças Maria Olenewa, no Rio de Janeiro.

 

Como bailarina, atuou no Corpo de Baile do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, na Companhia Jovem de Ballet do Rio de Janeiro e na Curitiba Companhia de Dança. Participou de diversos festivais e intercâmbios, entre eles o ImPulsTanz – Vienna Internacional Dance Festival e o Summer Program do Briansky Ballet Center, em Massachusetts.

 

Atualmente é professora de Ballet Clássico da Academia de Danças Matosinhos, para além de desenvolver o seu trabalho de investigação “O corpo nas artes performativas". 

Cláudia Pereira

Fez formação em Ballet Clássico pelo método ISTD na Academia Pirmin Treku com distinção. Certificou-se como Professora de Contemporaneo no Laban Center UK.

Recebeu uma bolsa de estudo na Gulbenkian e foi bailarina profissional de contemporâneo na Companhia de dança de Lisboa, tendo feito digressões por vários países da Europa.

No auge da sua carreira teve uma séria lesão na lombar obrigando-a a parar e a procurar outra saída profissional. Rumou ao Hawaii onde fez formação de Personal trainer, tendo-se tornado cordenadora  das aeróbicas no Sports Club Kahana, Maui. Também no Hawaii efetuou sua formação em Stott Pilates. Movimento, saúde, mindset, nutrição é o seu foco profissional.

 

A Cláudia é professora de Pilates da Academia desde 2009. 

Diana Amaral

Mestre em Dance Science pelo Trinity Laban Coservatoire of Music and Dance em Londres, pós-graduada pela Faculdade de Motricidade Humana de Lisboa em “Dança em Contextos Educativos” e licenciada em Antropologia Social e Cultural pela Universidade Fernando Pessoa. Fez a sua formação em Ballet Clássico pela ISTD na escola de Ballet Clássico Pirmin Treku.

 

Adquiriu formação em Dança Contemporânea com diversos professores e coreógrafos nomeadamente Cláudia Pereira, Lyndsey McConville, Fred Gehrig, Jasmine Wilson, Benvindo da Fonseca, Carole Moseley, Michael Dietz, Pedro Berdayes, Bruno Heynderickx, Nicolas Cantillon, Linsey Hibbs, Sally O’Donnel. Coreografou “Les Demoiselles Blasées”, “em paralelo” “Hierofanias” , “Zaragata” e “Youl”. Realizou trabalho de coaching com diversos alunos, levando-os a obter o primeiro lugar em concursos internacionais. Trabalhou com diversos museus e respectivos serviços educativos, tendo feito parte da Comissão Instaladora do Museu da Indústria de Chapelaria.

 

Funda a Academia de Dança de Matosinhos em 2009, assumindo funções como diretora pedagógica e artística, professora de Ballet Clássico e Dança Contemporânea. Em 2016 cria com Sara Silva a Companhia de Dança de Matosinhos. Em 2020 integrou os corpos sociais como Vice-Presidente da Direção da Associação das Coletividades de Matosinhos e da Associação Plataforma Dança - Associação Nacional da Dança. 

Natália Vasconcelos

Brasileira, iniciou no ballet clássico aos três anos de idade e se formou bailarina na cidade de Aracaju – Sergipe – Brasil).

Sendo apaixonada pela dança, participou de festivais, mostras, competição, cursos e espetáculos (de repertório, musicais e novas criações) no Brasil.

Desde 2007, atua como professora de ballet clássico, já tendo lecionado para diversas idades.

De 2009 a 2018, dirigiu um grupo de pesquisa e reconstrução de danças antigas, o Terpsícore Danças Antigas, com o qual se apresentou com performances historicamente instruídas de danças do período renascentista, abrangente entre os séculos XVI e XVII, baseada em tratados de dança da época.

Possui Mestrado em Dança pela Universidade Federal da Bahia (Brasil), em que pesquisou sobre as notações coreográficas ao longo da história da dança.

Atualmente, integra a equipa da ADM como professora no Programa Complementar 2. 

Sara Silva

Formada em dança clássica e contemporânea por Central School of Ballet e Northern School of Contemporary Dance (Reino Unido) e coreografia por FAICC/Companhia Instável. Entre outros projetos, dançou com Phoenix Dance Theatre (estagiária), Companhia de Dança do Norte, Vórtice Dance, Abundance e Kale Companhia de Dança. Cofundadora, Diretora Artística, coreógrafa e bailarina da Companhia de Dança de Matosinhos e cofundadora de Corpo de Encontro. 

Como professora, colabora com escolas nacionais e internacionais desde 2013 nas disciplinas de dança clássica, dança contemporânea, coreografia e composição, condicionamento físico e orientação artística do programa vocacional da Academia de Dança de Matosinhos. 

Coreografou P’ra lá da Terra do Nunca, TRES.PAS.SAR com Catarina Campos, Não Faças da Violência o teu Género e De Lugar Nenhum para os alunos da ADM. 

Atualmente colabora com Thamiris Carvalho e Vinicius Ferreira para a criação de Beton para os Palcos Instáveis e é estudante de Mestrado em Ensino Profissional da Dança na Palucca University of Dance Dresden, Alemanha, com especialização em Dança Contemporânea.

Sara Osório

Iniciou em 99 quando a capoeira tinha pouca expressão em Portugal.Em 2004 fez estágio no Brasil, tendo viajado desde aí por toda a Europa dando workshops e cursos de capoeira. 

É federada pela federação portuguesa de capoeira e pertence à escola do Grupo Capoeira Jogo de Negro dirigida pelo Contramestre Cigano.

CONTACTOS

220155647 · 935939162

Av. Comendador Ferreira de Matos 443, Matosinhos Sul

HORÁRIO SECRETARIA

Segunda a Sexta: 16h30-21h30

RPGD

© 2021 Oioai Associação